Deixe um comentário

OS EFEITOS DA MÚSICA NO CÉREBRO HUMANO

untitled

A música é capaz de despertar sentimentos e lembranças que acionam diversas áreas do cérebro humano. Com seus vários significados e percepções, que mudam de pessoa para pessoa, podem induzir a pensamentos, atos e emoções.

De acordo com Sílvia Nassif, professora e pesquisadora da USP de Ribeirão Preto, a música acompanha todos os momentos importantes da vida. Isso faz com que as pessoas se identifiquem com elementos presentes nessa arte, onde as relações entre o indivíduo e a musica estão ligadas tanto à sua cultura quanto às experiências pessoais.

Caroline Pacheco, mestre em cognição e filosofia da música pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), também estuda o caráter social e pessoal das experiências musicais. Ela afirma que uma pessoa não se sentirá feliz ouvindo uma música que relembre momentos infelizes; assim como em festas não se dança músicas tristes. Explica também que os sentimentos provocados pela música estão diretamente ligados às nossas experiências e memórias.

Mas como a música é recebida pelo cérebro? Quais áreas são afetadas e que reações ela provoca no organismo humano?

Assim que o som chega ao tímpano, este se agita de acordo com a intensidade, volume e freqüência do som, ou seja, se ele é grave ou agudo. Porém o cérebro não recebe uma informação completa nessa fase, pois não diferencia de onde vem esse barulho. Depois de identificado pelo cérebro, uma longa cadeia de eventos mentais gera uma imagem da realidade representando o som.

O primeiro passo dessa cadeia ocorre nas partes externas do cérebro, nos neurônios, onde somente as características básicas da música são percebidas, como altura, timbre etc. Já o segundo passo acontece nas partes superiores cerebrais, integrando as informações básicas recebidas para conseguir uma percepção completa.

De acordo com o neurocientista e músico Daniel Levitin, deve estar incluído nas etapas citadas acima uma espécie de cálculo para perceber o que realmente acontece no mundo. Isso porque o cérebro apresenta dificuldades de diferenciar as informações sonoras, que chegam aos receptores sensoriais de forma confusa e incompleta. Ou seja, a percepção auditiva é um processo de dedução.

Atividades musicais como a leitura e a execução musical, bem com as emoções provocadas por uma musica envolvem quase todas as regiões do cérebro. Por exemplo, quando acompanhamos uma música a área responsável pela memória é ativada.

REVISTA COMCIÊNCIA (www.comciencia.br)

Por Carolina Octaviano
10/03/2010
Deixe um comentário

COSMÉTICOS – MAIS DO QUE SÓ UM ROSTINHO BONITO

untitled

Os conhecimentos da indústria farmacêutica e pesquisas de novos ativos naturais estão sendo usados na fabricação de cosméticos com uma ação mais efetiva em relação àqueles que agem superficialmente na pele. Prometem melhorar a sustentação e elasticidade da pele e combater o envelhecimento com a ajuda de colágeno e elastina. O ramo da fabricação desses produtos é denominado cosmecêutica, que é a junção de remédios e hidratantes com funções terapêuticas.

Mas está acontecendo uma contradição, entre dermatologistas, cosmiatras e cosmetólogos, a respeito desses produtos. Pois, a princípio, somente os remédios podem mudar a fisiologia da pele, e não os cosméticos. Mesmo assim esses produtos estão invadindo o mercado e agradando as consumidoras. E apesar de medicamentos manipulados superarem os cosmecêuticos, médicos já estão começando a recomendar o produto na prevenção de primeiros sinais do tempo.

COSMÉTICOS X ENVELHECIMENTO

Os produtos cosméticos agem sobre o fotoenvelhecimento, provocado pela exposição incorreta ao sol e que, de acordo com os profissionais, é mais prejudicial do que o envelhecimento intrínseco, ou seja, aquele que ocorre naturalmente. Portanto, a principal arma desses cosméticos, para a prevenção, é o uso do filtro solar, que está sendo um componente indispensável na fórmula desses produtos.

De acordo com alguns dermatologistas e farmacêuticos, a diferença entre os antigos cosméticos e os atuais cosmecêuticos é que estes potencializam a ação das substâncias mais ativas. Por outro lado, as vitaminas, conhecidas como bons antioxidantes, já são acrescentadas aos produtos.

São utilizadas vitamina A, que diminue rugas, linhas de expressão e manchas; vitamina C, que clareia, ajuda na produção de colágeno e protege a pele da agressão solar; ouro, cobre e hidratantes, que firmam a pele e ajudam na produção de colágeno e elastina.

Efeitos sobre a pele

Existem três tipos de produtos que agem em prol da beleza e da redução dos sinais:

Cosméticos

Produtos voltados para o embelezamento. São cremes hidratantes e também os filtros solares, que melhoram a pele de forma superficial, sem modificar as condições fisiológicas.

Cosmecêuticos

É apresentado como um produto de qualidade superior, que age nas camadas mais profundas da pele e melhorando na produção de colágeno, que junto com outras vitaminas e princípios ativos garante pele mais firme, elástica e com menos rugas.

Medicamentos

São produtos que só podem ser prescritos por médicos e que podem mudar a fisiologia da pele. Eles melhoram a irrigação da pele, diminui manchas e aumenta a produção de colágeno. Sua ação é muito mais intensa e as diferenças na pele mais significativas, em relação aos cosmecêuticos, porém há um risco maior, fato que comprova a necessidade de prescrição médica.

REVISTA GALILEU (www.revistagalileu.globo.com)

Edição 144 – Jul/03

Deixe um comentário

Entrevista com as Autoras!

                                  Maria Emilia de Souza Fagundes, 17 anos, campineira, estudante da Etecap.

1462935_235098819989163_1357852949_nQuais são seus planos para o futuro?

Escolher uma profissão e ser bem sucedida para ter capacidade de realizar meus sonhos.

Tem vontade de conhecer outro país? Qual?

Sim, todos! Do menos ao mais desenvolvido.

Qual seu animal favorito? Por quê?

Cães, porque não há amor mais verdadeiro e sincero do que o deles; e também porque nos ensinam a encarar melhor a vida, não ter preconceitos e a amar.

O que você mais gosta de fazer nas horas vagas?

Ler, navegar na internet, brincar com meu cachorro, namorar e conversar.

Qual o livro marcou sua vida?

Tristão e Isolda

Fátima Bernardes ou Patrícia Poeta?

Fátima Bernardes, tanto em beleza quanto em experiência.

Uma música inesquecível…

Impossível escolher apenas uma…

Um homem bonito…

Cristiano Ronaldo

Uma mulher invejável…

Gisele Bündchen

Uma frase que resuma sua vida…

Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos. (Antoine de Saint-Exupéry)

 

Andressa Oliveira, 17 anos, campineira, estudante da Etecap.

  1424316_683366151682273_413460022_n

Qual a pessoa mais admirável pra você?

Minha mãe, com certeza!

Quem você mais sonha conhecer?

Marina Ruy Barbosa.

Um defeito seu que gostaria de mudar?

 Sou muito autoritária… Gostaria de mudar isso…

O que não pode faltar em sua nécessaire?

Um batom vermelho.

Já se arrependeu de algo que não fez?

Sim, e acho que todos já se arrependeram de algo que não fizeram.

Dourado ou prateado?

Dourado, a cor da riqueza…

Qual a música mais ouvida por você ultimamente?

Mighty To Save, Hillsong.

Qual seu prato preferido?

Lasanha.

Um sonho de consumo…

Uma Ferrari conversível vermelha!!!

Um lugar…

Vancouver, Canadá.

Deixe um comentário

Se beber não dirija!

Última animação feita na aula de S.I.C.!!!

Deixe um comentário

Ringtones Andressa nº04

Enfim… Finalizados!!! Aí estão os três ringtones da Andressa!

Deixe um comentário

Vídeo interdisciplinar de L.P.L e S.I.C

Videoclipe baseado na obra Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco. Com a música Far Away, Nickelback.

Feito pelos números 01, 04, 21 e 25. Do 2ºA. ETECAP.

Deixe um comentário

Áquario Nº 04 e 25

Mais uma animação feita nas aulas de S.I.C.

Peniscilina :9

Serviço de Informação e Comunicação!

Mundu Virtual

Trabalhos de SIC

Filtro dos sonhos

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

wayward daughter

blog para aula de SIC

N.O.D

Noticias Opiniões e Discussões

2013agora

Blog de Gabrielle e Marcela

mochine

Gabriela Ohy e Alexa Azevedo

ETECAP-Zuera

I used to be an adventurer like you but then I took an arrow in the knee

Beyond the mirrors

Gabriela Mattos e Jéssica Fernandes, estudantes da ETECAP . 2º A

SIQUETECAP

Serviço de Informação e Comunicação!

pedroazaidan

Em tese, um blog...